Image Map

Resenha Mona Mania +Misery Loves Company



Resenha Mona Mania +Misery Loves Company



Então pessoal o que acontece é que o povo sempre faz Reviews e etc, mas nós daqui do SFML
não gostamos disso, pois é. Para diversificar um pouquinho eu vou começar a fazer resenhas,
de dois em dois episódios. O negócio vai ser assim, terá uma nova resenha todas às terças-
feiras durante a tarde para que de noite vocês possam curtir o novo episódio com a cabecinha
super fresca, gostaram? Para lembrar, só sai resenha nova quinzenalmente. Que fique bem
claro.

Mona Mania vs. Misery Loves Company


presents:

Pois então, começando do começo vamos a Mona Mania que sinceramente eu esperava
mais, bem como em She’s Better Now, mas deixemos isso de lado. Começamos com uma
linda conversa pai e filha entre nossa querida Aria e seu pai que era pra lá de suspeito (até
aquele episódio). Me julguem, me matem, me processem, mas eu nunca achei que o Byron
tivesse matado a Alison, então engulam. Enfim, ele vai lá como todo pai arrependido pedir
desculpas por ter julgado mal a Aria e ter achado, que ela quem tinha começado toda aquela
explosão envolvendo Meredith e a Mona. Eu sei que muita gente pode pensar: “Mas ele
quer proteger a mulher que acabou com o relacionamento dele com a esposa ao invés de
ouvir a própria filha e blábláblá.” Porém, lembrem que a Aria não é santa e já aprontou com
Merebitch uma vez, então vai à dica. Logo depois vamos a uma cena com Spencer, Emily e
Hanna indo até o “porão” da escola para tentar novamente pegar o diário da Ali, claro que
com tentativas frustrantes, como sempre. O –A Team já tinha passado por lá antes e deixado
um exemplar do diário da Ali totalmente em branco. Outra coisa bem legal e inusitada que
aconteceu foi à pessoa encapuzada que saiu de lá quando as meninas entraram. No começo
eu achei totalmente que fosse alguém do –A Team, mas assim que cruzou com a Hanna e
eu vi aquelas botas...ah aquelas botas não negavam, mas eu logo vou falar do dono delas.
Então Spencer começa a folear o “diário”, mas está vazio e quando chega à última página,
adivinhem: Mensagem da –A. “Keep moving ladies. Nothing to see here./ Continuem a mover-
se senhoritas. Não há nada para ver aqui.” Como era de se esperar certo?

No dia seguinte as meninas se encontram no Café onde a Emily trabalha, todas falam sobre a
noite anterior e sobre os “sinistros” pesadelos que as atormentaram na noite. Aria fala sobre
Dentes, Hanna sobre chiclete preso no cabelo e ela o puxava até ficar completamente careca
e nossa linda Spencer disse que ficava com roupas íntimas na frente de pessoas. Enfim, eu
tive que procurar o que tais sonhos significam, vai que é algum tipo de pista? Mas para minha
decepção não é. E também não esqueci a Emily, ela é a única que não fala sobre o suposto
pesadelo. Papo vai e papo vem, Mona chega para falar com as meninas que logo se calam,
enfim, ela começa a contar uma história para lá de esfarrapada que o tal do Harold (o novo
zelador que também era atendente do motel Lost Woods), estava a perseguindo e que ela não
sabia o que fazer e coisa e tal e logo após acontecer tudo aquilo na corrida, ela “achou” que

ele poderia ter começado a explosão e foi até a administração da escola relatar o ocorrido. Eu
acho que era muito mais fácil para mona escrever o bilhete e mandar para Meredith e depois
se enfiar lá dentro para fingir que não tinha culpa. Agora, será que só eu vi a olhada dela
para Meredith...outra coisa, será que só eu fiquei pensando no motivo pelo qual ela fez tudo
aquilo?






(Clique em LEIA MAIS para ler o restante)




Eu destaquei bem na foto a Mona olhando para Meredith e essa mensagem que Meredith recebe e vai para o deposito. 
Essa é a mensagem que o Byron entrega para a Aria.



1° - Sabemos que Meredith é um problema da Aria, então porque ajuda-la, tentando fazer a
bitch sofrer? Também tem a possibilidade dela também participar do –A team, lembram da
teoria? Se não, cliquem aqui.

2° - Aria e as liars acabaram tomando a culpa, por parte do Byron porque ele achou que ela
tivesse armado tudo isso. Ok Mona, agora sim você mostrou ser a –A que eu tanto conheço.

3° - Mas porque depois de se dar todo o trabalho, ela acusa o zelador? Por que livrar as
meninas? Talvez ele tenha feito muita coisa errada e ela fez isso para se desfazer dele, mas sair
do plano e acabar deixando as meninas “livres”.

Enfim...casos a parte a vida segue. Então a câmera vai direto para aquelas botas que tínhamos
visto cruzar com a Hanna. Eu tenho certeza que mais pessoas identificaram quase que de
imediato elas, ao menos eu espero, claro que só poderiam ser do Lucas. Essa não é a primeira
vez que eu me deparo com essas botas :


Lembram? Pessoa andando de skate, pessoa saindo do porão, mesma calça...e tantas
outras coisas, a parte boa é que ele assume que é ele, fato simples e resolvido.

Eu também tenho que lembrar que isso é uma resenha e eu tenho que resumir não deixar a
coisa maior, mas eu juro que eu me empolgo então, por favor, se você está lendo até aqui,
move on. Ok, depois disso houveram algumas coisas sem muito destaque, e quando eu falo é
verdade, eu disse que não gostei muito desse episódio e eu estava falando a verdade.

Depois acontece tudo aquilo de Mona querer participar das coisas da Spencer. Eu realmente
não entendi essa parte, mas depois pensando um pouco, Mona realmente não suporta ter
que admitir que Spencer é mais inteligente em relação as investigações que as outras Liars,
simplesmente eu acho que isso não passa de um jogo manipulador para fazer a Spencer perder
a cabeça e eu realmente acho que tá dando certo.


O que é mais interessante é que a Mona realmente faz seu papel perfeitamente. Ponto para
ela, quase me faz chorar junto. Outra parte crítica foi uma super conhecida dos sneak peek
quando a Aria, Hanna e Emily estão procurando a página do diário e, de repente Byron aparece
dizendo um monte de coisas sobre esconderijo e como a Aria guardava as coisas nas botas
dela, pois é. Eu realmente achei que tinha sido o Byron que poderia ter visto alguma coisa e
tal, mas depois com a conversa toda da Meredith dizendo que achou em cima do armário do
quarto dela, muito confuso e eu comecei a me perder legal. Assunto para outra hora. Emily
por outro lado finalmente deu o ar de sua graça de forma graciosa. Tenho orgulho da Em.
Encarou o breu total, correu atrás do –A e a Paige? Só se amedrontou. Normal, mas também
teve o momento Paily que eu até fiquei comovida, mas o que foi aquilo de dormir no chão?
Como diria a Sweet:Paige você já foi uma sapatão melhor.” Enfim eu termino a parte do
tão esperado episódio quinze dizendo que de todas as partes a mais intensa e surpreendente
é a parte onde Mona e Spencer se desafiam e a nossa querida Liar tenta fazer o máximo
para deixar Mona no chinelo, jogando com a menina, mas não deu muito certo e ela acaba
perdendo. Aconselho a todos verem esse episódio, não é tudo o que esperávamos, mas já
houve piores.



Pior parte: Baboseiras sem nexo e momentos Aria e Merebitch.
Melhor parte: Competição entre Spencer e Mona.
Melhor Citação: Estou de olho em você. Nada mudou. Você ainda está puxando as cordas e
apertando botões. Manipulando vidas, utilizando segredos das pessoas...eu sei que você ainda
é “A” e sei o que você está fazendo para o Lucas. Eu não quero saber de você. –Hanna
Momento –A: Toby sendo perseguido na floresta e ao final do ep. quando finalmente vemos
que Mona ainda é Mona e não está nada recuperada.
Nota: 8



Misery Loves Company:

Pulando agora para o próximo episódio do qual faremos a resenha, já tenho que deixar claro
que foi um episódio repleto de surpresas e completo. Não sei se tenho algo realmente de
ruim a falar sobre ele, mas deixo isso para mais tarde. Então, o episódio já começa com Aria
acamada em casa e as Liars conversando com ela. Logo à principio vemos Spencer falar sobre o
chá de Meredith que não estaria dando certo, porém acho que ela nem liga muito para aquilo
e voltam a conversa, também vemos que alguém as observa de algum ponto da casa com
alguma cortina que deixa a visão embaçada. Separei algumas imagens dos lugares onde essa
tal pessoa poderia estar.


É basicamente obvio que o único lugar com cortinas é onde a pessoa estava as espionando.
Lembrando que vemos que “A” está de frente para Emily e Hanna e só conseguia observar Aria
de costas. Finalmente vemos novamente o Covil do Team –A e podemos ver exatamente quem
são as pessoas e elas conversam, o melhor foi a Mona deixar bem claro que existe um BigA e
que essa é com certeza uma mulher. Quem vocês acham que é? Fora algumas partes Haleb é
tão fofo e o modo como ele sempre quer ajuda-la é lindo. Não sei ainda por que Hanna se
sente abatida e confusa. Tudo bem que o Caleb já deu sinais de mentiras e a traiu, mas foi há
tanto tempo. Hanna Desencana. Até rimou. HAHAHAHAHA. E quem também não gostou da
barriguinha do Toby a mostra? Pois é. O mais triste é pensar que a Spencer fez tudo para o
jantar deles de um ano de namoro e acaba descobrindo que ele faz parte do –A Team, triste a
vida, certo? E Meredith então? Vemos as garras dela...O que foi aquilo com o celular da Aria.
Safada, sempre odiei você. E o que falar de Hanna, linda e maravilhosa vendo a Alison com
aquele casaquinho vermelho. Foi tudo. Sempre soube que a minha Ali não tinha ido. Não
pode. E o que vocês acharam do Boliche de Hanna? Eu achei tão divertido o Toby tacando os
manequins em cima dela, super autentico, mas como muitas outras vezes já mostrou ser um –
A menos cuidadoso que a Mona, deixou cair a chave né? Triste, porém foi o que acarretou
todo o fim de Spoby. O que então vocês me dizem do momento Caleb + Paige? Achei tão fofo
isso de se juntarem como uma força do bem para ajudar as Liars. Só por causa disso a Paige
não está na minha lista de mais odiados, mas ainda prefiro a Em com a Samy. Fico
impressionada em como Alison pode ficar tanto tempo sem aparecer e enfim tem dois
aparecimentos inusitados em um mesmo episódio. Titia Marlene pensou em como ter uma
entrada triunfal da nossa querida Liar. Alison, Alison o tempo passa e você só fica mais bonita.





E quanto ao chazinho de Meredith? Será mesmo que ela pode ser do –A Team? Saberemos
em breve. Mas que esse “A” ficou bem suspeito ficou. Outra coisa bem interessante sobre
o episódio é que finalmente vimos quem é o elo fraco dentre as Liars. Sempre achamos que
fosse a Emily e até mesmo –A disse sobre isso, até ela acreditou que pudesse ser verdade
durante um tempo, mas depois de Misery Loves Company, não há sombras de dúvidas que se
trata de Aria. Tudo o que aconteceu com ela pode ter sido assustador, mas como acreditar e
tomar algo que uma pessoa que já fez tanta coisa mal na sua vida fez? É ser mais idiota do que
eu esperava dela. Como que ao invés de sair de casa ela tenta ligar para alguém? Nunca viu
filmes de terror ou algo parecido? E então vem a parte mais crítica do episódio e é como darei
o meu desfecho porque ainda estou em Luto por Spoby.





Eu juro que eu nunca vi a Veronica tão preocupada. E o que foi aquele choro? Foi o choro mais
triste e dolorido que eu já ouvi da Spencer. Juro que chegou a doer em mim.

Pior parte: Ainda não consigo encontrar, mas deixe no comentário se vocês acharam alguma
parte ruim.
Melhor parte: Mona tomando seu vinho em alto estilo, música clássica.
Melhor Citação O medo corta mais fundo que uma espada. -Mona
(Que na verdade é de Game of  thrones)
Momento –A: Toby assustando Hanna e deixando cair às chaves e também sendo descoberto
por Spencer.
Nota: 10



-
É isso liars, espero que vocês gostem da Resenha e comentem bastante. Nós do SFML
agradecemos por tudo e fiquem ligados porque mais teorias estão por vir.
MissHastings





Nenhum comentário:

Postar um comentário