Image Map

Resenha: Out of the Frying Pan, Into the Inferno

Então galera, lembram que eu tinha dito sobre só ter resenhas de 15 em 15 dias? Pois é, não vai dar muito certo isso porque acaba ficando muito extensa e muita gente fica com preguiça de ler, então a gente definiu apenas um episódio por resenha para ficar mais fácil e menor. Continuará sendo as terças durante à tarde, como esta aqui, então fiquem ligados, ok?

Hoje vamos falar de mais um episódio morno de Pretty Little Liars. Acho que eles realmente fazem isso para não ficar muita ação e muita coisa na nossa cabeça, mas eu tenho que admitir que, adoraria se fosse assim. De uns tempos pra cá temos dois episódios mornos e um beeeeeem quente, mas deixemos isso de lado e vamos ao que interessa que é a resenha. Quem não ficou apreensivo com as fotos que vazaram da Spencer e do Toby tendo alguma coisa no quarto dela? Muitas pessoas ficaram malucas e até cogitavam a possibilidade de os dois juntos novamente, mas eu e minha querida Sweet, sempre soubemos que se tratava de um sonho.  Ponto para a gente. Enfim, mesmo com isso tudo eu sou uma shipper intensa de Spoby, como fazer? E minha Spençaah tá cada vez mais linda aaawwn. Então, também para essa não ficar muito extensa eu vou fazer o resumo, mas ressaltar as partes que eu mais achei importantes, reveladoras ou o que quer que seja. Primeiramente quero ressaltar a Pam que está tão diferente, acho ela mais legal agora, mais sensata também, não sei porque mas é. Ela entregou uma caixa, enviada por uma família James, de Chicago para Emm e nossa querida Liar não conseguia se lembrar de onde conhecia alguma família com aquele nome...COMOASSIM EM? Até eu lembrei, e olha que não foi ele que tentou matar a minha namorada na minha frente, mas ok...eu te perdoo. Com tanta coisa que acontece em Rosewood é normal as pessoas perderem a cabeça de vez em quando. Daí a gente vê várias coisas da Ali lá dentro, algo que supostamente ela conversava com alguém, mas até então ela não conseguia somar alguém com a Alison para escrever aquelas coisas. Fora o caderno também tinham algumas outras coisas que a Em tinha dado para a Ali.




Depois de algumas coisas, vemos Ash e Hanna conversarem, Aria e Byron também conversarem, mas isso não é interessante então eu pulo u.u  Uma coisa que eu realmente fiquei impressionada foi o fato da Spencer estar tão nula. Parece que alguém colocou uma seringa nela e extraiu tudo o que tinha lá. Tenho que começar a me adequar com uma Spencer sem emoções e totalmente estranha, mas temos que a entendê-la. E o que falar sobre o ‘Gostoso da Praia?’   Quem será? Muitos por aí estão apostando todas as suas fichas em Det. Wilden, que para mim é e sempre foi muito do suspeito e para quem não viu o que eu postei sobre o episódio 20, Hot Water, clique aqui e leiam, é bem interessante. Finalmente descobrimos que Mona é uma má pessoa e faz parte do –A Team, mas não é tão louca a ponto de colocar um cérebro em seu próprio armário. Obrigada Caleb por você existir. Finalmente Spencer se abre com alguém, logo depois de não ser ela na frente da Em e ainda dizer poucas e boas. Vadias a parte, Spencer tá demais. Toby, por que fez isso com minha Spencer? Mas uma das melhores partes foi ver a Spencer dando um lindo sermão em alguém mais velho que ela. Acho que Ezra mereceu. Há muito tempo não fico feliz de ver ele em uma cena, sério...acho que o melhor foi ele ter ido mesmo. Relação Ezria estava muito chata, Aria merece coisa melhor e Ezra, bom...ele continua sendo ele. Não me agrada. É engraçado como a maioria das vezes que vejo Cece conversando com alguma das Liars, sempre é a Emily, tanto que não consigo encaixar mais ninguém ao falar com ela, também é bom o fato de descobrir que quem conversava com a Ali pelo caderno era ela...ficou tudo mais claro. Mas e a história da Ali poder estar grávida? Sério isso me deu mais motivos para acreditar que ela não está morta. Talvez eu escreva algo sobre isso depois, mas foi intensificado, com toda a certeza.

Será que era o Titio Wilden o tempo todo?


Outra coisa que também me chocou foi o fato da Paige estar naquela boate de Lesbicas. Não vejo o menor problema em ir, tudo bem, mas estar tão junto com a Shana? O que foi aquilo? Eu não esperava que ela fosse uma sapata traidora, mas demos tempo ao tempo, vai que daqui a pouco descobrimos que aquilo fazia parte de algum tipo de plano? Aliás, vimos a Paige mais cedo no celular falando com o Caleb sobre algo que ela devia fazer mas na boate quem mais me fez feliz foi a Hanna. Fico impressionada como alguém dança, se joga no chão, engatinha, é cantada, é molhada por bebida e pra finalizar acaba na delegacia em uma só noite. (pausa dramática para eu rir) Para ir finalizando tenho que dizer que não achei errado o fato da Em levar o caderno para a policia, mas no final das contas ela meio que ficou sem expressão ao ver a foto de Cape May onde o Detetive Darren Wilden estava. Também achei um pouco auto degradante a Spencer ir procurar um investigador para seguir o Toby e descobrir onde é o Covil do –A Team, mas isso mostra que o senso de “encontrar pistas” dela ainda está lá, naquele corpo frágil e quase morto, nem que seja só um pouco. Comentários a parte, abaixo temos duas imagens bônus para vocês se deliciarem e ficarem pensando até o horário que o Episódio 18, Dead to Me ir ao ar, ou até mesmo para outros, quarta ou quinta-feira. Espero vocês ansiosa pela resenha da semana que vem.

 

1°:  Será que antes de entregar o casaco para Ali, Toby teve alguma chance de a beijar e não conseguiu?
2°: A Sweet achou essa mão muito parecida com a da Aria, quando ela está com esmalte vermelho, o que acham?

xoxo
MissHastings




Nenhum comentário:

Postar um comentário