Image Map

Resenha - 4x04 "FaceTime"

                               


 Em uma completa reviravolta, a série está girando em torno de um novo mistério: A noite em que Wilden (Bryce Johnson) morreu. Ashley Marin (Laura Leighton), principal suspeita e também mãe de Hanna (Ashley Benson) seria uma assassina, mãe protetora ou apenas estaria no lugar errado na hora errada? As evidências de que Ashley fizera parte daquela noite são claras, mas conhecemos bem Marlene King (produtora da série) e seus costumes de levar-vos a pensar algo completamente diferente do que realmente é. 
    Começamos o episódio com Caleb (Tyler Blackburn) contando a Hanna tudo o que o pai da garota havia lhe informado sobre a noite e a aparição estranha de Ashley para pedir dinheiro. 
Durante uma conversa entre Hanna, Spencer (Troian Bellisario), Aria (Lucy Hale) e Emily (Shay Mitchell), é mostrando uma dupla de detetives que poderiam ser uma ameaça para as garotas e todos os segredos que elas escondem. O real propósito dessa dupla é descobrir quem assassinou Wilden, mas por algum motivo parecem interessados em descobrir tudo sobre as liars. Nossa querida Spencer finalmente revela que não foi aceita na faculdade e aparentemente Melissa estaria disposta a ajuda-la. Segundas intenções? Talvez. 
    Durante uma investigação no escritório da Senhora Marin, podemos dar uma olhada no "cofre" do detetive Wilden. Dinheiro, passa portes e uma arma. O diferente é a presença de um passaporte canadense. Infelizmente não revelam a quem pertence os passaportes e em uma tentativa sútil de saber se a "mama-Marin" havia visto aquela caixa antes, os detetives lhe perguntam se alguém já tinha visto aquilo. A expressão sugestiva de Ashley nos deixa na duvida se ela realmente já tinha aberto a caixa de Wilden ou não. 



    Voltando à noite em que Emily machucara seu braço, descobrimos que ela pode precisar de uma cirurgia e que isso pode também custar seu futuro na natação, o que também prejudicaria seu futuro em faculdades uma vez que ela contava com a bolsa de estudos pela natação. 
    Esperem! A Marin mais nova estaria tentando incriminar Melissa (Torrey DeVitto) contando a detetive sobre o que sabia da noite em Cape May? Salva pelo gongo, ou melhor pelo namorado, Hanna conseguiu escapar de uma pergunta um tanto quanto reveladora. 
    Toby (Keegan Allen) faz uma visita a um dos doutores que cuidou de sua mãe no hospício. Essa cena para mim foi uma das mais intrigantes. O Dr parece confuso e também parece viver em um asilo. Ele conta a Toby o quanto sua mãe sentia falta dele e quando Toby está prestes a ir embora, ele pede um favor um tanto quanto improvável. "Traga sua mãe da próxima vez." Estou começando a suspeitar de que a mãe de Toby não esteja realmente morta. Não acaba por ai, "Diga a sua mãe que fique longe daquela garota." "Aquela garota loira." Alison DiLaurentis (Sasha Pieterse) não é a única loira que reside ou residiu em Rosewood, mas com certeza é o primeiro nome a saltar em vossas mentes. Fica então a duvida, quem era a loira que visitava a Senhora Cavanaugh? 
    O episódio desperta mais um mistério e mais suspeitas. Aria e Spencer bolam um plano que aparentemente deu certo. Colocar a máscara de Melissa em sua própria mala e ver sua reação. Ainda não engoli o fato de que a Hastings mais velha fosse tão tola para cair nesse plano, até porque Spencer e Aria não usaram o melhor esconderijo. De qualquer forma, Melissa dirige até o lugar onde ela, Alison e Emily fizeram moldes do próprio rosto e, obviamente as liars a seguiram até lá. Vemos então Melissa sair com um saco cheio de máscaras. Enquanto Spencer tenta tirar informações da irmã, Aria interroga o criador das máscaras e descobre que ele mentiu e que ainda tinha máscaras com o rosto de sua "falecida" amiga Ali. Enquanto isso na casa dos Fields, Emily foge de uma briga com os pais para encontrar Paige nadando. Voltando às irmãs Hastings, Melissa revela ter suas duvidas sobre a morte de Alison e alega também tentar proteger a irmã desde antes de "A" aparecer. Ela afirma também que não foi ela ou suas amigas que queimaram a casa na qual se encontravam durante o incêndio, sendo na verdade um incêndio causado por Wilden e que também só estavam lá para proteger ela e as amigas, além de tentar descobrir quem era "Red Coat". Aparentemente Wilden estava sendo comandado por alguém! OMG, Melissa confessou estar no trem, mas alegou não saber que teria que machucar sua irmã. Mentira ou verdade? Ela me pareceu bem convincente. Spencer com a impressão de que a irmã assassinou o detetive não tão querido Wilden fica confusa quando Hanna conta que acha que sua mãe assassinou Wilden. 
    Uma das minhas cenas favoritas, o flashback com ninguém menos ninguém mais que Ali. Aparentemente a loirinha não visitou o cara das máscaras sozinha e ainda precisava de dinheiro para algo. Aria recusou mais informações em troca de seu rosto. Pobre dos Fields que tiveram a polícia chamada para saber mais sobre o que vêm acontecendo com Emily. 
    "Melissa's guilty of plendy, but she's not 'A' material. Kisses." Seria Melissa culpada? Ela está falando a verdade? Aparentemente vamos descobrir mais sobre isso nos episódios que estão por vir. 
    Uma cena sugestiva de "A" colando pedaço quebrados da máscara da irmã de Spencer sucede a mensagem de "A" como cena final do episódio. Para que "A" precisaria do rosto de Melissa? Parece que tem alguém armando para a Hastings mais velha.



Resenha feita por Jason
Postado por MrsC

Nenhum comentário:

Postar um comentário